janeiro 31, 2018

O Mundo dos Home Studios

O Mundo dos Home Studios

O jogo mudou. E já faz algum tempo que o jogo mudou.
Durante décadas a única forma de se conseguir gravar um material de qualidade era alugar um estúdio profissional. E os bons eram, e ainda são, caros. Normalmente apenas artistas com bons contratos com gravadoras tinha acesso. A indústria toda mudou. É claro que ainda existem estúdio profissionais de grande e médio porte, sempre existirão. A diferença é que agora, com a informática dominando boa parte do processo, você pode, e deve, gravar MUITO bem mesmo em uma estrutura mais simples. Um HOME STUDIO. Antigamente os donos desses pequenos espaços eram cheios de desculpas para a qualidade nem sempre de primeira. Hoje não há mais como dar desculpas. Se não ficou com um bom som é porque você não escolheu as ferramentas certas e não trabalhou direito.
A área da Música Eletrônica ganhou espaço nos Home Studios com mais facilidade. Demais estilos tiveram mais problemas para elevar a qualidade das suas produções realizadas nesses espaços, já que um dos maiores problemas continua sendo a acústica. Gravar alguns instrumentos (bateria, violão, orquestras…) continua sendo um desafio. E como a Música Eletrônica, na maioria das vezes, não usa esse tipo de instrumento, a produção dita “caseira” sofria menos com a falta de um espaço adequado. Gravar uma bateria acústica em casa nos anos 90 ainda era mais difícil. Hoje você pode conseguir bons resultados com poucos microfones, poucos canais de interface e MUITO trabalho e experimentações com acústica e posicionamento de microfones. E se ficar ruim não poderá dar desculpa.
Para a maioria das pessoas um sistema simples vai bastar. Um computador bem configurado, um software de produção, uma placa de som de 2 canais, um microfone, um teclado controlador MIDI, um fone, alguns cabos e um par de caixas. Pronto. Você já pode produzir músicas de boa qualidade, dependendo apenas do quanto você domina esses equipamentos e as técnicas de produção.
O jogo mudou. Para melhor. E você vai ficar de fora?

Produção , Produtor Musical
Share: / / /

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *